Aumente a vida útil da sua frota de motos

Quando feita regularmente, a manutenção de motos garante maior segurança ao condutor, reduz custos e ainda aumenta a vida útil do veículo. Para que a sua empresa de transportes não perca dinheiro e não comprometa o bem-estar dos motoristas, listamos algumas dicas simples para você cuidar de maneira eficaz da sua frota.

Tipos de manutenção

Existem três principais tipos de revisões praticadas por uma empresa: preventiva, preditiva e corretiva. Saber o momento certo de usar cada uma delas aumentará a produtividade do seu negócio e reduzirá gastos.

 

Manutenção Preventiva

Realizada periodicamente, a revisão tem como objetivo controlar e impedir possíveis falhas antes que elas aconteçam.

 

Manutenção Preditiva

Avalia o desempenho da frota para prever alguns tipos de defeito, como possíveis danos ao motor ao longo do tempo.

 

Manutenção Corretiva

Feita de maneira emergencial, esse tipo de manutenção é usado para reparar ou substituir peças que apresentaram falhas.

Como cuidar da frota de motos?

Além da manutenção de motos, existem alguns cuidados simples que você pode tomar para garantir a preservação da frota.

 

Utilize água destilada

Usar água mineral ou da torneira na bateria da moto pode oxidar as placas metálicas presentes na peça.

 

Isso faz com que a deterioração aconteça muito mais rapidamente.

 

Para que isso não seja um problema em seu veículo, utilize água destilada.

 

A água destilada passa por um processo que consiste na evaporação seguida por condensação, ou seja, faz ela voltar ao estado líquido.

 

Este método é realizado para fazer a separação de sais presentes na água comum e deixá-la mais pura.

 

 

Verifique os cabos

Sempre observe como estão as condições dos cabos da moto.

 

Se reparar um desgaste neles, é fundamental realizar a troca o quanto antes.

 

Cabos desgastados são mais propensos a se soltar ou arrebentar, podendo provocar graves acidentes.

 

 

Lubrifique a corrente

Lubrificar regularmente a corrente impede o atrito entre os outros componentes da moto, diminuindo assim o seu desgaste.

 

 

Ajuste a corrente

Ao longo do tempo, a corrente da moto vai ficando com algumas folgas.

 

Para evitar riscos por conta desse desajuste, sempre verifique as condições da corrente.

 

Se a folga for maior do que o limite permitido no manual do veículo, é necessário reajustá-la, tomando cuidado para não apertar a peça em excesso.

 

Quando a corrente está muito apertada, há maior risco de rompimento da mesma.

 

 

5. Limpe o filtro de ar

O filtro de ar deve ser limpo frequentemente, em especial se a moto circular em lugares muito poluídos.

 

Prefira a utilização de um detergente neutro nessa limpeza.

 

Se o filtro de ar for descartável, não esqueça de fazer a troca de acordo com as indicações de uso do fabricante.

 

 

Calibre os pneus

Quando feita de forma adequada, a calibragem dos pneus melhora o desempenho do veículo, economiza no gasto de combustível e contribui para a segurança no trânsito.

 

Quando descalibrados, os pneus perdem a aderência ao solo, podendo aumentar o perigo durante o trajeto.

 

 

Cuide da limpeza externa da moto

Manter o veículo limpo protege a sua pintura e as peças cromadas, fazendo com que ele tenha uma vida útil maior.

 

Para a limpeza, prefira água e detergente neutro, já que alguns produtos químicos podem causar danos à moto.

 

A manutenção da moto é fundamental para garantir o bom funcionamento do veículo, a segurança do condutor e o cumprimento das obrigações junto ao cliente.

Artigos recentes

Quero receber novidades em primeira mão!