Gestran

BLOG

Que tal uma pausa para ler um pouco sobre transporte e logística?

Requisitos funcionais e não funcionais para um sistema de transportadora

Requisitos funcionais e não funcionais para um sistema de transportadora

Requisitos funcionais e não funcionais para um sistema de transportadora. Como requisitos, pode-se entender os aspectos necessários para que o software funcione adequadamente, sejam eles funções ou restrições. Com eles, é possível determinar as funcionalidades necessárias, as ações disponíveis a diferentes classes de usuários e o tempo necessário para seu desenvolvimento.

Requisitos funcionais e não funcionais

Os requisitos são classificados como Funcionais e Não Funcionais, e se relacionam não à sua importância, mas à sua interação com o usuário. A seguir vamos descrevê-los de forma geral e também no tocante à soluções para transporte.

Os requisitos funcionais estão relacionados à realização de uma ação ou solicitação do usuário. É quando o software precisa “responder” a um comando: gerar relatórios, consultar/alterar dados, efetuar pagamentos.

Requisitos não funcionais abordam a maneira pela qual o software irá responder aos requisitos funcionais, ou seja, como serão características de funcionamento do sistema. Estão ligados geralmente ao tamanho, velocidade, facilidade de uso, entre outros.

Dentro do setor de transportes, a definição de quais serão os requisitos de cada solução de software irá facilitar o desenvolvimento do projeto e produzir algo que seja compatível com as necessidades de cada organização.

Como requisitos funcionais interessantes, podemos elencar a visualização e edição de cadastros de veículos, postos e condutores por administradores, além do envio de informações de localização e rodagem.

A solicitação de relatórios de quilometragem, conferência de dados entre condutores, postos e gestores e produção de índices de qualidade com base nesses dados também são fundamentais em um software que trate de um setor com tantas informações dinâmicas.

Como exemplos de requisitos não funcionais importantes para esse setor, podem-se elencar a linguagem de programação, como será o funcionamento em dispositivos móveis, qual será a estabilidade de funcionamento a maiores distâncias, quem terá acesso à emissão de relatórios e quanto espaço será utilizado nos aparelhos.

São apenas exemplos, e a equipe de desenvolvimento do projeto de software está preparada para pensar em cada requisitos de forma a otimizar não somente a usabilidade para o cliente final (gestores, condutores), como garantindo que cada interface entregue o que lhe é solicitado.

Conheça a gestran, e entenda como podemos otimizar a sua transportadora. Acesse agora

Gostou? Compartilhe conhecimento:

Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on facebook
Share on twitter

Quer saber mais? Leia alguns artigos relacionados:

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x